Resenha: Aos teus pés (Michelle Passos)

Aos Teus Pés

Livro: Aos teus pés ♥ Autora: Michelle Passos ♥ Editora: Independente

Páginas: 292 ♥ Ano: 2015 ♥ Nota: 3,5/5

Sinopse: A vida nunca foi fácil para Marina Casanova, mas ela sempre devolveu na mesma moeda. Apesar da grande insistência de seu pai em ser um cara arrogante e persuasivo das formas mais improváveis e cruéis, ela jamais desistiu dos seus sonhos e foi por isso que deixou para trás a sua vida na cidade de Sacramento, com destino ao seu grande objetivo na capital, São Miguel. Era para ser tudo como ela planejou: treinar, dedicar-se e então ser admitida como uma bailarina profissional na mais conceituada e famosa escola e companhia de dança do país, a Special Corpus Ballet. Mas quis o destino que Frederico, mais conhecido por seus amigos e fãs como Fred, o cara mais popular do time de futebol da Universidade de São Miguel, cruzasse o seu caminho, trazendo com ele descobertas, confusões, outras opções e sentimentos às vezes contraditórios, mas acima de tudo, verdadeiros.

Para Frederico Lamarck, um rapaz bonito, dedicado ao esporte e apaixonado por sua família, Marina é tudo aquilo que ele nunca soube estar esperando e ao mesmo tempo tem certeza de que ela terá a chave de muitas respostas que ele precisa. Prestes a ser reconhecido como o maior jogador da história de sua universidade, Fred, além de apaixonado, vê a vida lhe encurralando e o obrigando a admitir para todos coisas que jamais pensou fazer. E, claro, a pagar pelas escolhas erradas que um dia fez.

Aos teus pés é o primeiro livro da duologia O jogador e a Bailarina. Com uma história leve e narrativa fluida, a autora nos fisga nas primeiras páginas. É aquele livro que você não consegue parar de ler de tão gostosinho que é. Porém alguns pontos me desagradaram e irei os expor ao longo da resenha.

Marina Casanova enfim consegue sair da pequena cidade de Sacramento para seguir seu sonho: ser uma bailarina na Corpus Ballet. Para isso ela se muda para a cidade de São Miguel, onde ficará morando com sua melhor amiga Lu, enquanto se preparar a fim de se sair bem nos testes da academia de Balé. Fred é um jogador de futebol esplêndido e sua carreira está decolando, porém sua vida amorosa não está tão boa; o rapaz apenas gosta de curtir a vida, não se apegando a ninguém. Porém isso muda quando ele conhece Marina. A vida desses jovens então irá mudar de uma maneira que eles nunca imaginaram, pois é isso que o amor faz, vira nossas vidas de ponta a cabeça.

O livro é narrado sobre o ponto de vistas de ambos os protagonistas. A maneira como eles narram é bem diferenciada, então esse foi um ponto que gostei bastante. Como eu disse, a narrativa é bem fluida e leve, e eu devorei o livro em pouquíssimos dias, especialmente porque queria desvendar o mistério que ronda boa parte do livro. As críticas que tenho a fazer são em relação à construção dos diálogos, algumas vezes muito forçados e clichês, assim como algumas cenas do livro.

Marina é uma personagem bem forte que não espera as coisas caírem do céu, ela simplesmente vai atrás dos seus sonhos. Amei a relação dela com o balé, achei muito sincera e bem construída. Gostei bastante de Fred também, mas achei algumas atitudes do personagem um pouco machistas e imaturas. Os personagens secundários forma ótimos também, assim como os demais casais do livro.

Eu li Aos teus pés no Kindle e achei a experiência bem agradável. A diagramação, fonte e a revisão estavam ótimos. Acho essa capa uma gracinha e combina muito com a história, assim como o título. Eu gostei bastante da leitura apesar das ressalvas, e acho que vale a pena ler principalmente para dar uma distraída, é um livro leve e rápido de ler. O segundo volume, Em tuas mãos, já saiu na Amazon e estou bastante ansiosa para saber o desfecho dessa duologia. Não indico a leitura para menores, pois tem algumas cenas mais picantes, mas se você já está acostumado e procura um romance, Aos teus pés está mais do que indicado.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: Aos teus pés (Michelle Passos)

  1. Ewerton Carvalho disse:

    Olá vidas literárias.wordpress.com. Ao pegar um livro para ler eu primo pelo originalidade. Este tema ” A menina lutadora encontra o galã da escola-universidade e se deparam com uma escolha que vai mudar o destino de ambos”, vc não acha muito repetido? ???? O diferencial sempre vai existir porque ninguém pensa igual, e a maneira como contam. Quanto ao comportamento dos personagens (imaturos-machistas ) acredito que não seja erro do autor e sim uma característica dos mesmos, afinal estes seres estão por todos os lados,concorda? Grande abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s